>>> >> > >>

O setor bancário está pronto para a transformação digital?

Dez anos depois da crise financeira global de 2008, as margens de lucro dos bancos nas economias mais avançadas permanecem em níveis historicamente baixos. O motivo é simples: os custos têm crescido mais rapidamente que as receitas. O retorno médio sobre o patrimônio dos bancos caiu para níveis insustentavelmente baixos, especialmente na Europa.

O crescente foco em governança, risco e conformidade também resultou em queda na lucratividade. Ao passo que tecnologias voltadas para o consumidor, como pagamentos em tempo real e serviços bancários móveis, são uma grande promessa para os bancos, atualizações da infraestrutura nos bastidores podem ser a chave para a economia de custos e a vantagem competitiva. Os bancos precisam agir com urgência se quiserem aumentar suas margens de lucro. Visto que aumentar a receita no cenário atual será difícil, os bancos devem cortar seus custos.

Formas de melhorar a lucratividade dos bancos

Então, o que os bancos fazem para contrabalançar o impacto da queda nas margens líquidas de juros e impedir a queda na lucratividade? Em teoria, há duas formas em que os bancos podem melhorar a lucratividade: aumentar a receita e reduzir as despesas.

 

  • Aumentar a receita

Já que qualquer aumento nas taxas de juros no atual cenário global de negócios é muito improvável em vista da concorrência, das regulamentações, das expectativas dos clientes e assim por diante, os bancos agora estão explorando outras opções para gerar receitas, como aumentar a base de clientes, diversas ofertas de produtos para rendimentos baseados em taxas e ecossistemas desenvolvidos, nos quais cupons, ofertas, comerciantes e outros geram receita.

No entanto, todas essas medidas envolvem despesas de marketing significativas, o que pode aumentar ainda mais os custos. Como resultado, com baixas demandas de empréstimos e grandes portfólios de títulos, é improvável que a lucratividade venha de fora do banco. Essa mudança tem que vir de dentro.

 

  • Reduzir as despesas

Mudar de dentro para fora a fim de melhorar a lucratividade significa, essencialmente, maior eficiência operacional e produtividade. Com o setor bancário enfrentando baixas margens e altos investimentos em conformidade, os bancos precisam continuar atentos e manter os custos sob controle. Embora existam algumas estratégias potenciais para gerenciar custos, a digitalização, com certeza, é uma delas.

Redução nas despesas por meio da digitalização e da gestão automatizada de viagens e despesas

É improvável que ocorra uma mudança nas tendências de aumento dos custos e de baixo crescimento das receitas; por isso, os bancos devem tomar medidas ousadas. E, embora os avanços tecnológicos, como inteligência artificial (AI) e blockchain, claramente vão desempenhar um papel importante na evolução do setor bancário, a modernização da espinha dorsal da infraestrutura é, sem dúvida, o passo mais importante que os bancos precisarão dar.

Para continuarem competitivos, os bancos terão de atualizar sua tecnologia no “back end” para oferecer uma experiência suave no “front end”. Uma das principais formas dos bancos conseguirem isso é se tornando digitais. Assim, quando os bancos investem na automatização de suas funções financeiras e contábeis, por exemplo, eles podem e vão perceber enormes benefícios que melhoram a eficiência, reduzem os custos operacionais e atenuam os riscos. As tecnologias digitais, como software de gestão automatizada de viagens e despesas, podem causar grande impacto, valendo todo o investimento de seu tempo e dinheiro.

Economize dinheiro com Rydoo

Quase todos os setores, em particular o bancário, têm lutado para acompanhar o ritmo do nosso mundo digital em evolução. No entanto, onde algumas instituições financeiras estão falhando, outras estão fazendo grandes progressos. Especialmente aqueles que aceitaram a transformação digital de braços abertos.

O que faz toda a diferença é que sua liderança não tem medo de agitar o status quo, mantendo-se atenta às tendências e tecnologias futuras. Assim, embora setores inteiros possam estar enfrentando problemas em muitas frentes, esses bancos e instituições descobriram uma forma de economizar custos enormes por abraçar a digitalização, terceirizar suas principais funções financeiras e se tornar mais competitivos em nosso ambiente de negócios acelerado. As funções financeiras e contábeis que são digitais e estão sendo terceirizadas com sucesso atualmente variam de contabilidade, processamento de folha de pagamento, contas a pagar e a receber, administração financeira e gestão de viagens e despesas.

É claro que é de suma importância que seus processos de negócios sejam tratados de modo eficiente e com o máximo de cuidado e segurança por seu prestador. No Rydoo, temos orgulho do fato de que fazemos exatamente isso: cuidamos de seu negócio como se fosse nosso. Como uma empresa competente e experiente de software de gestão automatizada de viagens e despesas, nós não só ajudamos você a reduzir custos e a simplificar a maneira como os processos são implementados, mas também ajudamos a aumentar a produtividade interna e a melhorar sua competitividade.

Outras vantagens de trabalhar com Rydoo:

  • Redução do custo operacional;
  • Economia de tempo;
  • Sem mais erros e atrasos;
  • Flexibilidade de pessoal;
  • Maior eficiência;
  • Consultoria confiável de especialistas;
  • Conformidade com regras e regulamentos relevantes;
  • Maior satisfação dos funcionários;
  • Sem mais relatórios e planilhas (frustrantes) em papel.

De acordo com nossos clientes, Rydoo é uma fornecedora e parceira de negócios de gestão de viagens e despesas altamente confiável nesta era digital. Com nossa solução integrada e móvel de viagens e despesas, nós nos esforçamos para sempre oferecer a proposta de melhor "custo-benefício" e ajudar você a capturar seu "maior valor".

 

Artigos relacionados

Rydoo

Saiba mais sobre insurtech — adotando a tecnologia como uma companhia de seguros

As companhias de seguros não são particularmente conhecidas por serem inovadoras. Existe uma boa razão para tal — com volumes imensos de dados confidenciais e muitos processos críticos em execução a todo momento, elas precisam ser cuidadosas ao implementar novas metodologias de trabalho.

2019-01-13
Compartilhar
Carregar mais
Rydoo

Uma transformação digital começa de dentro

Koen Dierckx se juntou à Van Breda Risk & Benefits como CFO em 2015. Para desenvolver a estratégia de digitalização da empresa, ele começou a analisar os processos existentes e como otimizá-los digitalizando as tarefas de baixo valor.

2018-12-10
Compartilhar
Carregar mais
Rydoo

Aplicativo torna os relatórios de despesa desnecessários Conversa com o consumidor: Deloitte

A Deloitte Belgium é uma das primeiras grandes usuárias de software que processa de modo rápido e automático as despesas de seus funcionários. Esse tipo de software possibilita ao departamento financeiro reduzir o tempo gasto no processamento e na análise de dados além de ter uma visão em tempo real das despesas do funcionário.

2018-05-26
Compartilhar
Carregar mais