7 coisas que você só entenderá se for um controlador financeiro

Todos nós já passamos por isso.

Aquela hora em que você quer entrar em uma sala à prova de som e gritar.

Existem momentos na vida de um controlador financeiro que podem fazer você pensar que uma mudança de carreira é uma opção atraente. Mas não se preocupe: a maioria desses profissionais já esteve na mesma posição.

Portanto, se alguma dessas coisas estiver acontecendo com você agora, espero que este conteúdo ajude-o a entender que você não está sozinho!

Querer um orçamento de 5 anos que seja totalmente preciso

É uma manhã fria e úmida de terça-feira. Um envelope grosso chega e, quando você abre, uma tonelada de recibos cai dele.

Alguns deles estão manchados de chá, outros ainda têm um pouco de comida presa e alguns foram deixados no painel de um carro – o que os torna apenas um pedaço de papel em branco.

A sensação de desânimo que você sente ao perceber que precisa mexer em tudo isso, raspar a comida seca e fazer uma declaração de despesas que seja razoável é quase esmagadora.

É hora de uma xícara de café forte e uma música no seu computador.

Quando os recibos saem do envelope

Este é um clássico e certamente um dos aspectos favoritos dos que gostam de capital de risco ou private equity.

Eles querem um orçamento/previsão de 5 anos, mas desejam que seja totalmente preciso.

O problema é que os contadores têm uma definição diferente de “”totalmente preciso””. Em nosso mundo, essa expressão significa… totalmente preciso, oras!

Como podemos explicar que estamos construindo uma previsão baseada nas melhores suposições de vendas, estimativas de gerenciamento de operações e palpites do RH?

Qual é a melhor maneira de explicar de forma diplomática que prever o ambiente econômico no qual estaremos operando daqui a 5 anos é, na melhor das hipóteses, praticamente impossível?

Provavelmente, a melhor opção aqui é simplesmente estampar um sorriso encantador no rosto e um conjunto elegante de frases evasivas no estilo de um político.

Será que essa é uma previsão de 5 anos totalmente precisa? Bom, certamente é uma previsão melhor do que nunca e um excelente ponto de partida para o futuro!

Aquele momento que o auditor quer saber...

Nunca é o mais antigo na empresa que faz isso. Eles sempre mandam o novato perguntar porque acreditam que você não vai gritar com aqueles olhos castanhos.

Eles viram que um dos diretores fez uma solicitação de reembolso de uma despesa de refeição que aconteceu há 11 meses e eles gostariam de ver o recibo original.

Na verdade, eles gostariam de ver todos os recibos originais de todos os diretores.

Claro que eles sabem que já é o fim do mês e você tem que processar a folha de pagamento. Mas eles realmente precisam desses recibos. Caso contrário, toda a auditoria será atrasada.

E sim, é claro que vai atrasar.

O pior é que você passa horas procurando os recibos e os leva até a sala em que a equipe de auditoria está esperando. Em seguida, eles parecem confusos e ninguém se lembra de ter pedido por aqueles recibos.

CFO da Husqvarna em uma conversa sobre liderança feminina no financeiro

O caso “especial”

Você tem um processo bem definido e estruturado para gestão de despesas, pagamentos de fornecedores e folha de pagamento.

Os mecanismos de controle estão em vigor por um bom motivo: todos assinaram o acordo e concordam que eles são uma coisa boa e que toda a empresa deve respeitá-los.

Em seguida, o CEO vem até você e pergunta se você poderia abrir uma exceção “”só desta vez””.

O fornecedor se recusa a liberar as mercadorias para um cliente importante ou o funcionário ficará sem dinheiro se não pagarmos e, afinal, eles são “”tããão bons em seu trabalho””.

O problema é que você sabe que, uma vez que você fizer isso, eles vão esperar isso o tempo todo. E, quando outros diretores ouvirem sobre isso, eles terão seus próprios casos especiais “”únicos””.

… e só resta respirar fundo.

Os relatórios de contas anuais

Então você passou pela auditoria (o que foi uma chatice) e você passou horas e mais horas nas reuniões de aprovação de auditoria, além de revisar as contas e anotações mil vezes.

Tudo está pronto e o que você precisa é o relatório anual do CEO.

Você pediu esse relatório seis meses atrás, lembrou quando faltava cinco, quatro, três, dois e também no mês passado.

Agora, um dia antes de você precisar enviar seus dados, o relatório ainda não está pronto.
Ele eventualmente aparece, escrito à mão, com problemas de ortografia e gramática que o fazem parecer ter sido escrito por seu filho de 8 anos.

Você tem uma hora para digitá-lo e seletivamente “”ajustar”” as frases para que fique um pouco melhor e não faça os investidores em potencial pensarem que estão comprando para uma fábrica de palhaços.

O momento “ops”

Você ama sua equipe, mas tem dias que …

Você: “”Jess, você clicou em enviar no arquivo de salários de ontem, certo?””
Jess: “Ops…”

Você: “”Steve, você verificou os dados bancários do fornecedor antes de fazer o pagamento?””
Steve: “”Hmmm…””

Você: “”Andy, posso considerar que você fez a recontagem do banco antes de produzirmos as contas de gerenciamento?””
Andy: “Ahhh…”

Este é o momento em que você faz por merecer o seu salário.

Pode até envolver chocolate, mas você precisa encontrar um jeito de arrumar a bagunça antes que o CFO descubra.

Falando no CFO…

O novo CFO

O antigo CFO saiu debaixo de uma espécie de “”nuvem”” após um “”incidente”” na reunião do conselho anual e agora o substituto ou substituta apareceu.

Ele não é um contador de fato. Na verdade, sua única “”qualificação”” parece ser o fato de ser muito próximo do CEO, mas ele parece estar ansiosos e entusiasmado para aprender.

Muito entusiasmado.

Seu trabalho é ensinar finanças de negócios de perto para ele/ela, evitar que ele/ela tome decisões ridículas e certificar-se de que ele/ela não diga nada realmente estúpido em público.

Você também precisará se certificar de que ele/ela não incomode a equipe, não enfrente pessoas de quem você não precisa e enfrente pessoas de que você precisa.

Você também vai precisar corresponder ao nível de entusiasmo dele/dela pela grande ideia que acabaram de ter, embora isso possa desviá-los para algo que não vai funcionar e vai custar muito dinheiro para a empresa.

No final de tudo, você provavelmente terá que escrever sua própria avaliação anual e, em seguida, sorrir gentilmente quando ele/ela lhe disser que você precisa justificar por que deveria ter um aumento salarial.

Mas pelo menos ele/ela trouxe para você um chaveiro de sua viagem a Paris.

Phillips e A1 debatem sobre SaaS e conformidade na gestão de despesas

São os problemas que tornam isso divertido

Ok, talvez estejamos exagerando em todos os aspectos aqui. Mas a verdade é que se tudo andasse como planejado o tempo todo, a vida seria muito chata.

É o desafio do trabalho que torna o papel de controlador financeiro uma atividade realmente divertida e certamente uma posição procurada por muitos contadores.

Se você já teve esse tipo de problema, lembre-se de que não está sozinho. Depois de passar por isso, você terá uma ótima história para contar às pessoas.

Originally published , modified

Girl subscribing to Rydoo's newsletter - Illustration

Subscreva a nossa newsletter