Viagens a Trabalho pós covid

Viagens a Trabalho pós-Covid-19: como será o “novo normal” ?

A maioria dos países ao redor do mundo já começaram lentamente a sair do confinamento e as regras da quarentena se tornam mais flexíveis semana após semana. Embora estejamos mais próximos do que chamamos de “vida normal”, a pandemia deixará um impacto duradouro na sociedade, criando uma nova realidade para “viagens a trabalho pós-Covid-19”, e talvez o que antes era considerado normal, nunca volte a existir completamente. Existem muitos desconhecidos, mas é fácil saber que a norma será restabelecida. 

As viagens a trabalho enfrentam uma de suas maiores crises de todos os tempos, e muitos se perguntam como será o “novo normal” e como as organizações e funcionários se adaptarão a ele? Aqui estão algumas sugestões para o futuro das viagens de negócios e – boas notícias: Boas coisas podem sim estar a caminho! 

Levará tempo para o “novo normal” se estabelecer 100%

As viagens, em geral, levarão muito tempo para voltar ao que eram antes do Covid-19. Isso também afetará as viagens a trabalho. Podemos olhar para a China, onde as restrições já estão bastante flexibilizadas, , para ter uma idéia do que está por vir em outros países. De acordo com um estudo recente da Trip.com (maior agência de viagens on-line da China), 61% dos participantes estarão prontos para viajar novamente em agosto. 77% disseram que viajariam no país. A maioria mencionou a escolha de viagens para destinos próximos, para que pudessem voltar rapidamente para casa, se necessário. 

 

As viagens, em geral, levarão muito tempo para voltar ao que eram antes do Covid-19

 

Isso também afetará as viagens a trabalho. Podemos olhar para a China, onde as restrições já estão bastante flexibilizadas, , para ter uma idéia do que está por vir em outros países. De acordo com um estudo recente da Trip.com (maior agência de viagens on-line da China), 61% dos participantes estarão prontos para viajar novamente em agosto. 77% disseram que viajariam no país. A maioria mencionou a escolha de viagens para destinos próximos, para que pudessem voltar rapidamente para casa, se necessário.

 

Diferentes Países, diferentes reações

 

Se a Europa e as Américas seguirem uma tendência semelhante, as pessoas não vão querer viajar novamente antes de outubro de 2020. Como cada país atinge o pico da pandemia a uma taxa diferente, a recuperação também será muito desigual. Muitas empresas chinesas estão monitorando a temperatura de seus funcionários diariamente e devemos esperar um comportamento semelhante quando os funcionários começarem a voltar ao trabalho no resto do mundo, especialmente antes de viagens de negócios. 

 

Mais segurança, novos desafios

 

A ameaça de uma segunda onda de infecção é também um medo que pesa em vários países e, se isso acontecer, será exaustivo reeimplementar restrições. Não é difícil imaginar proibições constantes de viagens para pessoas com febre ou tosse, para evitar qualquer tipo de contágio. Medidas como essa criariam maior segurança com certeza, mas junto trariam grandes desafios em termos de monitorização das proibições.

Você conhece todos os benefícios de uma boa política de viagens e despesas?

Viagens menos frequentes e mais relevantes

Os funcionários podem ter se acostumado às videoconferências e percebido que algumas reuniões não necessariamente precisam ser feitas pessoalmente. Algumas empresas podem ter se adaptado muito melhor do que esperavam e isso pode resultar em uma nova realidade na qual as mudanças temporárias se tornaram a nova norma. 

 

Por motivos pessoais, muitos funcionários podem se preocupar com a idea de viajar 

 

Não podemos negar: as viagens a trabalho serão diferentes, mas continuarão a existir. O novo normal para as viagens de negócios será uma maneira mais consciente e pensada de viajar. 

A longo prazo, beneficiará funcionários e empregadores. Não só haverá um melhor equilíbrio entre trabalho e viagens para os funcionários, como também um retorno sobre o investimento (ROI) superior para os empregadores. 

 

Novas Prioridades, Novas Realidades

 

À medida que mais as empresas pensam mais em viagens de negócios, elas começam a se dar conta dos inúmeros benefícios que uma solução de gerenciamento de despesas e viagens, como o Rydoo, para ajudá-las a acompanhar as tendências de gastos de T&E (travel and expense) da organização e também facilitar diversos dos processos associados às viagens de negócios.

Crescimento de viagens domésticas

À medida que os países entram em recuperação a uma velocidade diferente, as viagens nacionais serão retomadas – muito antes das viagens de avião. Muitos preferem viajar de carro, por se sentirem mais seguros e com menos chances de contaminação durante as viagens a trabalho pós-Covid.

 Empresas que já tem uma política de reembolso de quilometragem, verão esses números crescerem voluptuosamente nos próximos meses. Ferramentas como o Rydoo ajudarão a otimizar o processo de reivindicar esse tipo de despesas para os funcionários, além de cuidar do reembolso e permitir que qualquer empresa fique de olho nos gastos, de uma maneira simples e prática.  

 

Países com boa malha ferroviária irão se beneficiar

 

As viagens de trem começarão a ser buscadas antes da viagem aérea – nos países que dispõem dessa opção, é claro. Os países da Europa continental, com sua rede ferroviária conectando muitos destinos, verá mais viagens a trabalho do que as Américas, onde a rede ferroviária não é tão desenvolvida e as pessoas geralmente precisam percorrer distâncias maiores e por isso acabam optando por voar – como é o caso do Brasil.  

Estudos mostram que viajantes a lazer escolherão viajar pelos seus próprios países durante as  férias, em vez de viajar para o exterior, mas as viagens de negócios são guiadas por necessidades e não por desejos e por isso que viagens a trabalho pós-Covid para fora do país ainda serão inevitáveis.  

 

Um novo jeito de se locomover

 

Como muitos executivos ao redor do mundo passarão a optar por viajar a trabalho de carro ou trem ao invés de avião, isso aumentará não só os custos, mas também o tempo gasto no trânsito. 

Por outro lado, irá proporcionar uma experiência mais agradável para os funcionários que não gostam de verificações de segurança, filas e espera. Viajar de trem também permitirá que os funcionários fiquem conectados enquanto viajam, já que muitos países oferecem WIFI a bordo, e isso consequentemente irá aumenta a produtividade. 

A procura de um modelo de política de despesas e viagens personalizável?

A nossa equipe elaborou um para você!

Teremos que superar novos desafios

Regras relacionadas a viagens muito provavelmente serão impostas por governos de diferentes países. Cientistas de todo o mundo estão trabalhando para achar uma vacina que combata o COVID-19. Se tiverem sucesso, todos deverão ser vacinados? Nesse caso, os viajantes podem precisar mostrar seu certificado de vacinação junto com seus passaportes. Se isso acontecer, isso poderá ter um impacto real no espaço Schengen na Europa, onde atualmente não há controle de fronteira. 

Além disso, os aeroportos terão que reorganizar sua infraestrutura. Embora possamos esperar que alguns deles implementem um sistema eficiente imediatamente, alguns terão dificuldades e os viajantes acabarão enfrentando longas filas – algo que ninguém aguarda ansiosamente para o futuro das viagens a trabalho pós-Covid-19.

Mais suporte durante viagens a trabalho

Reservas, transporte, hotéis através de plataformas diferentes podem ter funcionado para a maioria dos funcionários no passado, mas qualquer pessoa que tivesse que cancelar várias reservas nos últimos meses pode ter ficado frustrada com um processo demorado e ineficiente. 

Só quem já passou horas no telefone para cancelar cada elemento de uma viagem de trabalho sabe a importância quem a implementação de um sistema mais proativo e eficiente tem.  Impulsionadas pelas necessidades de seus funcionários, algumas organizações podem decidir tentar uma maneira mais eficaz de lidar com viagens a trabalho, como um serviço integrado de gestão de viagens e despesas – tipo o Rydoo –  onde você recebe assistência 24/7 e encontra tudo em um só lugar.

business travel after covid

De olho nas viagens a trabalho

Engana-se quem pensa que repatriação é uma medida restrita ao Covid-19. Ter que repatriar um funcionário é algo que pode acontecer a qualquer momento e pelos mais diversos motivos. 

Quando o lockdown foi decretado, milhares de organizações ao redor do mundo tiveram que trazer seus funcionários que estavam viajando a trabalho de volta para casa. Todos que passaram por esse processo sabem da complicada logística que isso envolve. O uso de uma ferramenta de gerenciamento de viagens e despesas, como o Rydoo, permite que as organizações tenham controle sobre onde seus funcionários estão, como localizá-los e até quais reservas de voo / hotel / carro eles fizeram durante as futuras viagens a trabalho pós-Covid-19.

 

Mais controle, mais segurança e menos problemas

 

Manter esse controle é extremamente difícil quando os funcionários fazem suas reservas sem uma ferramenta de gerenciamento de viagens e despesas corporativas. Se as organizações tiverem todas as informações sobre onde seus funcionários estão, em que hotel, qual o voo que está reservado para seu retorno, elas conseguem elaborar um plano de ação de forma muito mais rápida e eficiente. Além disso, se muitos funcionários precisassem ser repatriados ao mesmo tempo, como foi o caso do Covid-19, uma ferramenta como o Rydoo também irá ajudar a economizar tempo e estresse inestimáveis. 

 

O que o futuro nos guarda? 

 

As viagens de negócios foram paralisadas, mas serão retomadas mais cedo ou mais tarde. Ninguém sabe quando, mas sabemos que, como muitos outros setores, ele ficará mais forte e mais adaptável. Novas restrições entrarão em vigor e novos hábitos serão formados.

Entre para o clube

As necessidades e desejos de executivos que viajam a negócios serão diferentes e a perspectiva das organizações também evoluirá.  Muitas buscarão mais suporte, informações, insights em tempo real e para isso, irão preferir soluções simples, “com um toque de um botão”, para condensar todas essas novas necessidades. 

As organizações que mais se beneficiarão serão aquelas que irão se antecipar e dar um passo à frente, começando a se preparar para essas mudanças agora. Não espere as viagens a trabalho pós-covid-19 começarem para se preocupar com a transformação digital eminente.Marque uma demo com um dos nossos especialistas e descubra como o Rydoo pode ser seu braço direito nessa jornada.

Subscreva a nossa newsletter

900K+ professionals across 60 countries are using Rydoo.